Museus: Locais de Futuro
Ouro Preto é um verdadeiro Museu a céu aberto, com todas as implicações que esta condição proporciona. Assim discutir, apresentar e ressaltar detalhes museológicos será sempre interessante e esclarecedor, o prof. Gilson Nunes iniciará uma sequencia de pequenos textos que irá mostrando o tema de forma rica e ilustrativa.

Do Barroco ao Espaço Sideral

Prof. Dr. Gilson Antônio Nunes

Museus Locais de Futuro, Museu de Ciência e Técnica, Astronomia, Escola de Minas de Ouro Preto

Estar em Ouro Preto, uma cidade tão importante para a história do Brasil e como uma das maiores produtoras de ouro do século XVIII uma cidade igualmente relevante na economia mundial, propicia muitas descobertas.

Caminhar pelas ladeiras do centro histórico revela sempre novos ângulos e pontos de vista verdadeiramente fascinantes. Se for à noite então logo ao nascer da Lua cheia o horizonte leste da cidade se confunde ao intenso brilho do satélite natural da Terra.

Mas porque não observar a Lua mais de perto?

Se a caminhada for em um sábado basta se dirigir ao prédio da Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) na Praça Tiradentes e na lateral direita acessar o Observatório Astronômico.

Ao chegar ao observatório o visitante seja turista ou morador (para o qual a visita é gratuita) pode conhecer os equipamentos antigos e modelos usados nas aulas de desenho dos cursos de engenharia no início do século XX na Escola de Minas. Pode conhecer também centenários aparelhos para medidas de ângulos e distâncias para se produzir plantas topográficas e finalmente conhecer antigos telescópios usados nas observações astronômicas. Esses são alguns acervos da coleção dos Setores de Astronomia, Topografia e Desenho do Museu.

Mas e a Lua? Sim a Lua, planetas do Sistema Solar e outros astros visíveis durante a noite podem ser observados pelas lentes do telescópio refrator, produzido pela empresa alemã Gustav Heyde na cidade de Dresden, Alemanha em 1911.

Em todo esse percurso alunos de graduação da UFOP e membros da Sociedade de Estudos Astronômicos de Ouro Preto orientam os visitantes e operam os telescópios.

Essa ação faz parte de projetos de extensão e que também atendem escolas e outros grupos de visitantes mediante agendamento prévio às quintas-feiras das 19 às 22h.

Serviço: Museus Locais de Futuro, Museu de Ciência e Técnica, Astronomia, Escola de Minas de Ouro PretoObservatório Astronômico e Setores de Astronomia, Topografia e Desenho do Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas da UFOP.
Aberto ao público aos sábados das 20h às 22h.* Atendimento a escolas e outros grupos de visitantes mediante agendamento prévio às quintas-feiras das 19 às 22h.*
*Fechado em feriados, feriados prolongados, recessos e férias escolares da UFOP.
Telefone: 31-3559-3118
E-mail: museu@ufop.br
Home Page: www.museu.em.ufop.br

Gilson Nunes, Museus, Professor Museologia Ouro Preto

Gilson Antônio Nunes | Graduado em Engenharia Civil | Especialista em Ensino de Astronomia | Mestre em Engenharia de Materiais (Meteorítica) | Professor Efetivo do Departamento de Museologia da Escola de Direito, Turismo e Museologia da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) | Ex-Diretor da Escola de Direito, Turismo e Museologia da UFOP | Coordenador do Observatório Astronômico da Escola de Minas da UFOP | Coordenador Acadêmico do Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) | Ex-Coordenador Executivo do Sistema de Museus de Ouro Preto (SMOP)


Publicado no ouropretocultural em outubro de 2017

OUROPRETOCULTURAL | ACESSO RÁPIDO

novembro azul